sexta-feira, 27 de junho de 2008

A super guerreira

Todos os momentos nesta fase foram difíceis de digerir, o pouco tempo que me deixavam passar com o meu pai (1 a 2 horas por dia)que tínhamos que dividir entre todos(porque podiam entrar duas pessoas de cada vez), o traje que temos de vestir, a bata, a touca, as luvas, a mascara, as meias ( para vestir e despir perdia-se uma eternidade)tornavam o contacto bastante impessoal... Foi um choque, chegar ao quarto ver o meu pai ligado ás máquinas todo entubado, muito inchado e sem cor, foi de cortar a respiração...pensei que não me reconhecia... mas debaixo da máscara e de tantos tubos conseguiu talvez com esforço, esboçar um sorriso, aquele sorriso que me dá sempre quando me vê... foi muito duro...

Antes de continuar não posso deixar de enaltecer o grande pilar da minha família, a grande mulher de que me orgulho muito, mas mesmo muito... a minha MÃE. Sem ela acho que nada disto teria sido possível... é inacreditável a sua coragem, a calma que tentou transmitir a todos, e a força que sempre nos deu...é de louvar.. Ela que esteve sempre ao lado do meu pai sem fraquejar um minuto que fosse, a propagar força e muita coragem e animo...sem dúvida que para alem de ser e de ter sido uma super mãe, é uma super mulher, uma super esposa....para mim uma SUPER AMIGA... não consigo imaginar o que lhe ia na alma nesse momentos maus que passamos, mas nela nunca se conseguiu ver o medo, sempre transmitiu a esperança.... como lhe digo sempre.,, Obrigado para além de seres minha mãe seres uma das minhas melhores amigas... Orgulhar-me-ei sempre disso..

3 comentários:

Anónimo disse...

Bem... Palavras sao coisa pouka pa salientar essa bravura maninha....tou cntg... Namaste ji
Abraco grande ao teu Papa ji

BholeNath, ivan x-pe

Anónimo disse...

bem... mafaldix... que gd familia! Imagino k seja preciso realment mta força e crença em algo superior para suportar essa dor, essa insegurança, esse medo... Tu como sp guardas mto para ti... e eu sabia mais ou menos já há muito tempo k eu teu papi n tava bem d saude mas nunka consegui xegar mto fundo no assunto pk tu ... ÉS LIXADA =) essa força de que falas da tua familia, herdaste-a bem!
Como colegas de turma que fomos tantos anos graças a jah ou whatever vou fazer um breve comentário a apresentação do blog... fantástiko, adorei, és gig dos lay-outs... ficou brutal a apresentação k a vossa foto, pk k akele trabalho de cores vê se bem k tanto tu komo o teu mano se puseram um bokado d parte para enaltecer e dar tudo p tudo para o vosso pai... e ele, aparece a cores, mto forte, renasceu... com o vosso amor que provou ser fortíssimo, tal komo ele necessitava e merecia!
Agora em relação a feelings sabes k sou a tótó da lágrima fácil.. mas dp do perú mto mudou, sou uma pessoa bem mais fria agora... no entanto tu... a fadinha dos sentimentos e afectos falados a correr mas sp k muita intensidade fizest rolar tb aki lágrimas! Eu adoro te e esta descrição fez m imaginar um centésimo dakilo por k passate e não fosses fikar desidratada k tanta lágrima k perdest e k est sol abrasador... lágrimas de solidariedade, estou ktigo sp mmo k sem tempo pa gdes encontros... o tempo passa e fikas estás sp komigo pk és especial... Um gde bjo pa ti, pá mulher coragem , mano e pai coragem... e uma recuperação rápida e potente para ele! light light light, obrigada por partilhares* miaguiii

ana carina disse...

bem como n podia deixar de ser, aki estou eu tb para deixar uma palavra de força a toda esta família à qual eu tb faço parte e da qual me orgulho... Cunhadita tas sempre lá... conseguiste algo q mais ninguem conseguiu com a mestria das palavras exprimir tais sentimentos. admiro a guerreira em q te tornaste, mas com a tua mae como exemplo nao admira... admiro a tua mae pelo que ela é, uma guerreira nata...
admiro o novo guerreiro miguel, por tudo q sabes... e admiro o meu querido sogro por toda esta força, mesmo qd longe dos seus. admiro-o por todas estas lutas constantes e principalmente por as vencer. bjos